Rádio - Vade Mecum Espírita Facebook - Vade Mecum Espírita Twitter - Vade Mecum Espírita
Vade Mecum Espírita

A Experimentação Espírita


          A força do Espiritismo está, ao mesmo tempo, no seu ensino e nas provas que lhe servem de apoio. Ele mostra para todos os homens o objetivo da vida terrestre, os meios de preparação da vida espiritual, que se segue. Este objetivo, estes meios são comuns para todos os habitantes da terra, e isto será um novo elo que os unirá, elo mais possante que todos os outros, porque a solidariedade, a paz e a harmonia entre os povos não poderão se estabelecer a não ser pela solidariedade de idéias, de crenças e de aspirações. Os homens, em primeiro lugar, são espfritos, e somente o Espiritismo Ihes revela as leis superiores do espírito; seu ensino resume os princípios essenciais de todas as religiões, as esclarece, as completa e as adapta às necessidades dos tempos modernos.

          Pela cooperação do mundo invisrvel, que se manifesta sobre toda a terra, ele oferece uma base moral, uma base comum para a educação universal. A Sociedade das Nações está qualificada para apresentar os primeiros marcos dessa imensa renovação. Ela criou, sob o nome de "Escritório da Cooperação Intelectual Internacional", uma obra indicada para a realização desse vasto programa, obra que dirigem ou já dirigiram eminentes espiritualistas como os srs. Bergson, de Jouvenel e a sra. Curie. .

          Se, por razões políticas, essas duas instituições não podiam ou não queriam abraçar essa grandiosa obra de levantamento moral, o que elas não conseguiram fazer coube aos espíritos concretizá-Io.

          Um Congresso Espírita Internacional, composto de cerca de mil pessoas, representando os numerosos grupos e sociedades entre as quais, os delegados de uma trintena de nações estrangeiras, reuniu-se em Paris, de  6 a 12 de Setembro de 1925, na sala da Sociedade dos Sábios, para constituir a Federação Espírita e Espiritualista Internacional. Esta Sociedade, que possui representantes em todos os pontos do mundo, é uma organizãção que se desenvolverá com o tempo e tornar-se-á uma alavanca, capaz de fazer progredir o mundo do pensamento e da ciência.

          Foi um espetáculo emocionante ver desfilar, na tribuna, homens de todas as raças e de todas as cores: hindus de turbante, negros, sendo um deles advogado, ingleses, porta-vozes de uma centena de assistentes de sua nação: norte e sul-americanos, representando sociedades espiritualistas que contam com mais de cem mil adeptos, espanhóis, gregos, rumenos etc. Todos vinham afirmar, em diversas Iínguas, a mesma fé na sobrevivência e na evoluçao indefinida do ser, na existencla de uma causa suprema cujo pensamento irradiante anima o Universo. Homens eminentes nas ciências e nas letras,como Sir Oliver Lodge, Sir Conan Doyle, o procurador geral Maxwell, deram suas adesões formais aos vibrantes discursos dos oradores. Sentia-se passar pela assistência o sopro inspirador de uma multidão Invisfvel e os videntes atestaram a presença de mortos ilustres que tomavam uma parte ativa na elaboração de uma grande obra. .

          Esta cooperação oculta torna-se geral: Mesmo nos meios os mais refratários, o mundo invisfvel está agindo. Apesar do cuidado especial que existe no Vaticano para abafar o boato em torno das aparições de Pio X as indiscrições dos eclesiásticos demonstram que esses fenômenos não cessaram. A Igreja voltará a essa concepção mais justa da mediunldade que lhe fazia colocar, em plena Capela Sixtina, as sibilas na mesma ordem que os profetas, sob o pincel prestigioso de Michelangelo. Um. grande escritor católico, Maurice Barrês dizia: As sibIlas vívem ainda, porque elas representam a faculdade eterna e desconhecida de atingir o invisfvel e de nos unir a ele". (57) ,

          Por toda a parte, a idéia está em progresso e a comunhão se estreita, aos poucos, entre os dois mundos entre as duas humanidades: a da terra e a do espaço. Um dia virá quando as inteligências e os corações vibrarão sob a ação de uma fé comum. As três correntes do pensamento superior, disseminadas sobre a Terra: o Budismo, o Cristianismo e o Druidismo, vão se reencontrar e se juntar no seio do Espiritualismo moderno.

          Somente, então, a onda das paixões e dos interesses materiais será detida e uma liga de fraternidade se estabelecerá entre os povos. A paz e a harmonia reinarão, sem restrições, sobre a Terra regenerada.

 

 

 

(56) Ver "No Invisrvel - Espiritismo e Mediunidade", Caprtulo XXIII.

(57) Ver deste autor "Le Mystère en Pleine Lumière". página 21, obra póstuma, Livraria Plon.

Autor: Léon Denis
Fonte: O Gênio Céltico e o Mundo Invisível
Voltar
Obrigado Jamil Bizin!

Obrigado Jamil Bizin!

Cadastre-se e receba
nossos informativos!

Visão EspíritaVisão Espírita

Ouça todos os Domingos 9h30 às 11h00 com comentários do autor do Vade Mecum Espírita, no site:
www.radiobrasilsbo.com.br

contato@vademecum.com.br | Fone: (19) 3433-8679
2020 - Vade Mecum Espírita | Todos os direitos reservados | desenvolvido por Imagenet